sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A noite

Pablo Picasso, “Nu Couché”, 1933.

bebe com mil línguas
minha noite estilhaçada 

é quando creio 
em tudo o que fere

o flanco a flecha a curva 
amorosa do arco

1 comentários:

Germano Xavier disse...

Noite: lugar de interregnos.

Postar um comentário