quarta-feira, 30 de julho de 2014

Ítaca


Imagem: tributo do artista Amir Schiby a quatro  meninos mortos 
no bombardeio que atingiu uma praia de Gaza no dia 16/07/2014.



nunca estivemos em Ítaca
ou nas montanhas coloridas de Gansu

mas ontem seus pés tocaram os meus
sobre as cinzas de um céu mediterrâneo

choramos, você e eu
as fendas vermelhas dos mapas
a infância traída pelo deserto

nunca estivemos em Ítaca
e agora choramos juntos
as horas consumidas pelo fogo

2 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Oi, Daniela! Lindo isso! É o sentimento que nos une, a todos. Basta prestar um pouco de atenção. Bem, aproveito e convido para que comente meu CIRCO NONSENSE http://jefhcardoso.blogspot.com Abraço!

Germano Viana Xavier disse...

Ilhas ancestrais. O homem no meio delas. A ponte curta, chegada ao outro lado incerta. Algo eclode. Pode ser uma ogiva. Dela, nascerá o Homem?

Postar um comentário