terça-feira, 5 de maio de 2015

A seta

Imagem: Daniela Delias


ela lambe meus pelos
meus calcanhares feridos
é quando sonha labirintos
entre o corpo e a seta

a despeito 
da mira dos deuses
da fúria dos homens 
da cura, das profecias

nas dobras de sua língua
a noite resiste e move

1 comentários:

Germano Viana Xavier disse...

Ajudam-nos a seguir.
Afastam-nos de males.
Despistam tristezas.

Sinto tanta saudade de Sam.
Como sei que ele sente saudade de mim.

:(

Postar um comentário