domingo, 16 de agosto de 2015

Rugido


Google - sem informação de autoria


há quem chame melancolia
o rugido tardio das pedras
dinamitadas contra o peito

mas não há por que dizer
restos de estrondo e pólvora
(as coisas são mais que seus nomes)

a mim fere mais
esse burburinho de pássaro
movendo suas asas finíssimas
intocadas pelo tempo

1 comentários:

Germano Viana Xavier disse...

Ícone: "as coisas são mais que seus nomes". Nada de convencionar-se. O oposto também está dito, mesmo no silêncio, detrás da amurada ou dentro da água móvel do tempo. Índice: o sentido que se altera. Símbolo: toda uma pronúncia da dor, mesmo quando vida.

Amo teus versos, Delias.

Postar um comentário