domingo, 23 de outubro de 2016

Meteoros

Google - sem informação de autoria


despenco sobre os acontecimentos
(há tanta beleza e selvageria)

os homens em torno da mesa
ainda falam sobre Dylan
e eu penso what's a sweetheart like you
doin' in a dump like this?

há tempos falamos alto
e distraímos a morte
colhendo flores
traindo desertos

de todo modo, cá estamos
feras e meteoros
em algum ponto
entre o céu e o asfalto
passando sem ser vistos


4 comentários:

Lucas - Blog: Overture disse...

E eu que já tinha intransponíveis dificuldades para compreender Lay Lady Lay!!!
Seu texto é lindo, mas não o compreendo.

Germano Viana Xavier disse...

Passarinhos...

Daniela Delias disse...

Lucas, eu falava sobre a finitude da vida e nossa pequeneza. Nesse dia teve uma chuva de meteoros, tu viu por aí? Um beijo grande.

Lucas - Blog: Overture disse...

Você é essa pessoa demais, que escreve demais, que vê poesia pelos quatro cantos do mundo, que respira poesia em poros ávidos de oxigênio puro em versos. Eu, tadinho, sou um cara culto não-tanto, poeta não-nunca. Mas juro que leio você em suspense, em silêncio absoluto, em prosa, em rima, em verso, no que for. Você escreve bem melhor que Bob Dylan. Cadê o Jabuti? Cadê o Nobel? Quem julga esses negócios? Beijo

Postar um comentário