domingo, 6 de novembro de 2016

Canteiro

Imagem: Daniela Delias


no vão que faz o vestido
quando afunda entre as pernas
pus as pequenas pedras
e agora invento uma cidade

que pode uma mulher
quando arquiteta um templo
sem que lhe dobre o punho 
sem que lhe pese o colo
sem que se parta em muitas?

as menores coisas
dei de mover uma a uma


4 comentários:

Lou Vilela disse...

Muito lindo, Dani! Bjs

Primeira Pessoa disse...

uma cidade de pedra
e pétalas de bouganville no pavimento depois da chuva.

beijão, dani

r.

Lucas - Blog: Overture disse...

Acho que não há grandezas nascidas. Se há, será exceção. Há essa construção que dobra o punho e pesa o colo, e parte em muitas. Não há muitas grandes coisas para além das menores, movidas uma a uma, até o ponto maior. Ou, sei lá se eu não entendi nada! rs Beijo, sempre

Daniela Delias disse...

Obrigada, queridos amigos!

Postar um comentário