quarta-feira, 29 de março de 2017

Curva

Google - sem informação de autoria


e se em vez de arranhar o espelho
eu pusesse a mão sobre a nuca
e ante a curva do meu ombro esquerdo
o amor escorresse lentamente?

e se em vez de partir
mil flores de nada 
mil versos de quando
mil cacos em tudo
teus dedos pudessem
toda sombra todo muro
toda estrada todo monte

empurraríamos a pedra?


segunda-feira, 27 de março de 2017

Ao homem diante da pedra

Google - sem informação de autoria

mordo minha própria cauda
minha língua, irmão, é de fogo

guarda essa fome em tua carne
crava essa noite em teus ossos:

são doces e largos
os lábios da serpente




sábado, 11 de março de 2017

Asa

Google - sem informação de autoria


tenho entre as mãos
um pássaro morto

digo a ele que voe
que coma os olhos do inseto
que beija sua asa esquerda

não há dor ou espanto:
ninguém aqui nunca soube
o que é um pássaro